Vladimir Kush

Vladimir KUSH, Ripples on the Ocean, (Ondulações no Oceano)

Rumi

A vela do navio do ser humano é a fé.
Quando há uma vela, o vento pode levá-lo
A um lugar após outro de poder e maravilha.
Sem vela, todas as palavras são ventos.

Jalāl-ad-Dīn Muhammad RUMI




segunda-feira, 11 de abril de 2011

a poça de água

De "A Poetic Universe" (Um Universo Poético) Um Calendário de Sabedoria Pictórica Tibetana e Mongol por Bruce Foreman, que é o autor da fotografia a que anexa este texto:

"Imagina uma poça de água que uma manhã acorda pensando, 'Este é um mundo interessante em que me encontro, um buraco interessante em que estou, é mesmo à medida para mim, não é? De facto ajusta-se a mim surpreendentemente bem, deve ter sido feito de propósito para mim!' Esta ideia é tão poderosa que enquanto o Sol sobe no céu e o ar aquece e, gradualmente, a poça fica mais e mais pequena, se agarra desesperadamente à noção de que tudo ficará bem, porque este mundo é para ela, foi feito para a ter em si, portanto o momento em que desaparece apanha-a completamente de surpresa. Penso que isto pode ser qualquer coisa para que devemos olhar." Discurso em Digital Biota2, Cambridge, UK, (1998) citado em Richard Dawkins "Louvor de Douglas Adams"


2 comentários:

tomas disse...

os blogs também deviam ter botões GOSTO!!

almariada disse...

:)
podem ter mas gosto mais de receber um comentário destes :)
obrigada
abc