Vladimir Kush

Vladimir KUSH, Ripples on the Ocean, (Ondulações no Oceano)

Rumi

A vela do navio do ser humano é a fé.
Quando há uma vela, o vento pode levá-lo
A um lugar após outro de poder e maravilha.
Sem vela, todas as palavras são ventos.

Jalāl-ad-Dīn Muhammad RUMI




quinta-feira, 4 de julho de 2019

sexta-feira, 26 de abril de 2019

couro lavrado

Cadeira do antiquário "Galeria da Arcada" Lisboa.

Encontrado em "Medievalista" online.

«O couro lavrado de estética mudéjar na Casa-Museu e Fundação Guerra Junqueiro - memórias do al-Andaluz em terras portuguesas.» Autor: Franklin Pereira 

sexta-feira, 29 de março de 2019

Alfa e Ómega

Eu guardo, sob o tampo de cristal
da mesa em que trabalho no jornal,

duas velhíssimas fotografias...
Olho-as mil vezes no dobrar dos dias.

Não são de «cover-girls» (já as tive),
nem do amor que no meu peito vive...

Uma é de Einstein, um deus entre os humanos,
outra a de uma criança de seis anos.

O que impressiona, mais do que o contraste
do roble imenso e do botão na haste,

é a atitude de ambos frente à vida:
a de quem sabe e a de quem duvida...

Enquanto o matemático, perplexo,
revê as fórmulas - talvez sem nexo! -,

o jovem fita-me com altivez
- só porque sabe que 1 e 2 são 3!

Mundo de assombros, em que tudo cabe:
o que sabe que sabe e o que não sabe;

o que não sabe que não sabe nada,
Alfa e Ómega, noite e madrugada,

a vaidade, a modéstia, a sombra, a cor,
o desespero, o sonho, o riso, a dor,

o átomo, a galáxia, o Céu, o Inferno
- tudo o que é pó e tudo o que é eterno.

Adolfo Simões Müller, Moço, Bengala e Cão, Lisboa, Dezembro de 1971, 

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

A Bíblia de Lisboa


A Bíblia de Lisboa, 1483 (5243 do calendário judaico) está digitalizada e disponível no site da Biblioteca Britânica. Escrita em hebraico sefardita em 184 folhas de velino (couro de vitelo) está amplamente decorada com iluminuras coloridas a tintas e ouro.